GoioNEWS - O Jornal Eletrônico de Goioerê e Região

Segunda, 21 de Janeiro de 2019
  • :
  • :
siga-nos

1 ª Semana – EU.

11/01/2019

Esse é um princípio identificador, o que nos leva ao autoconhecimento. 
O meu jeito de ser, meus hábitos, costumes, fobias, valores... Tudo está à forma em que fui criado, o ambiente onde passei minha infância, tradições familiares, etc.
De tudo o que aprendi na infância, o que vale a pena conservar? E o que eu preciso resgatar?
É momento de se perguntar: Quem sou eu? Por que sou assim? Qual o meu sonho? Como estou vivendo?
Estudar as Raízes Culturais, e partir do princípio do Vazio.
• Tens o hábito de juntar objetos inúteis no momento, acreditando que um dia (não sabes quando) poderás precisar deles?
• Tens o hábito de juntar dinheiro só para não gastá-lo, pois no futuro poderá fazer-te falta?
• Tens o hábito de guardar roupas, sapatos, móveis, utensílios domésticos e outros tipos de equipamentos que já não usas há um bom tempo?
• E dentro de ti? Tens o hábito de guardar mágoas, ressentimentos, raivas, medos, tristezas ou outros sentimentos negativos?
Não faças isso! Vai contra a tua prosperidade!
É preciso criar um espaço, um vazio, para que as coisas novas cheguem à tua vida. É preciso te desfazer do que é inútil em ti e na tua vida, para que a prosperidade venha.
A força desse vazio é que atrairá e absorverá tudo o que desejas. Enquanto estiveres material ou emocionalmente carregado de coisas velhas e inúteis, não haverá espaço aberto para novas oportunidades.
Os bens precisam circular. Limpa as gavetas, os guarda-roupas, o quartinho lá do fundo, a garagem… a mente…
Doa tudo aquilo que já não usas.
A atitude de guardar um monte de coisas inúteis amarra a tua vida. Não são os objetos guardados que emperram a tua vida, mas o significado da atitude de os guardares. Quando se guarda, considera-se a possibilidade da falta, da carência.
É acreditar que amanhã poderá faltar, e não terás meios de prover as tuas necessidades. Com essa postura, estás enviando duas mensagens para o teu cérebro e para a vida: primeira, não confias no amanhã e, segunda, acreditas que o novo e o melhor não são para ti, já que te contentas em guardar coisas velhas e inúteis.
Desfaz-te do que perdeu a cor e o brilho e deixa entrar o novo em tua casa… e dentro de ti… As pessoas são solitárias porque constroem paredes ao invés de pontes.
Que a prosperidade e a paz cheguem bem perto de ti! Seja feliz!
Vivemos um tempo em que a tecnologia avança a passos largos e tudo parece ultrapassado; a mídia dita à moda e os valores se invertem, o TER está ocupando o lugar do SER, e perdemos a identidade. Será que estou imitando ou copiando alguém? Estou preparado pra viver os dias de hoje.
Eu preciso crescer e evoluir, mas sem me esquecer de onde vim. É impossível o contato com o mundo exterior, mas moral e ética são valores imutáveis. 
Eu preciso me aceitar, me compreender e saber que minhas qualidades, defeitos, limitações e habilidades são características próprias minhas.
Eu posso e devo acompanhar o avanço social e tecnológico, mas sem esquecer-me das minhas raízes. 
Me conheço de fato?
“Apesar de termos feito tudo o que fizemos, ainda somos os mesmos evivemos como nossos pais” (Elis Regina).
Este texto é uma contribuição do Grupo Amor Exigente Despertar de Goioerê.
O Grupo Amor Exigente Despertar de Goioerê. Reunião todas as terças feira as 19:30hrs, na sala monsenhor Francisco, anexo ao Centro catequético da Paróquia Nsa. Sra. Das Candeias.
Informações 44 3522 1732 ou no site www.amorexigente.org.br



Leia Também



Enviar por email

Envie 1 ª Semana – EU.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GoioNews.
Copyright © 2004 - 2020 GoioNews.