GoioNEWS - O Jornal Eletrônico de Goioerê e Região

Sexta, 17 de Agosto de 2018
  • :
  • :
siga-nos

Reboque de carreta desgovernado bate em veículo com família de Mariluz

04/05/2018

                                     O Corpo de Bombeiros e o Samu foram acionados para socorrer as vítimas de uma colisão entre o módulo de uma carreta e um Gol, na tarde desta quarta-feira (2), na PR-323. A colisão foi registrada das proximidades do trevo do Gauchão.

                                     O acidente foi aconteceu após o módulo da carreta desgovernado atravessar a pista da rodovia e atingir o carro que levava uma família de Mariluz.
                                     Paulo Sérgio Misali (35 anos) conduzia o Gol. Ele contou que sua esposa Lucélia Maria Valderi Misali, 35 anos, avisou que um veículo vinha na direção deles. O motorista tentou desviar, mas não houve tempo hábil e a colisão aconteceu.
                                     Lucélia e Rafaelly Ângela Misali, filha do casal de 6 anos, foram socorridas com mais gravidade. Lucélia estava com dores abdominais e Rafaelly teve ferimentos no joelho.
                                     Paulo Sérgio e o sobrinho Lucas Misali Bonfim, 19 anos, também ficaram feridos, com menos gravidade. Paulo estava com algumas dores no tórax e Lucas teve um sangramento. Todas as vítimas foram encaminhadas para o hospital Uopeccan.
                                     A Polícia Rodoviária Estadual de Cruzeiro do Oeste auxiliou no controle do trânsito, que era bastante intenso no momento do acidente. A pista não chegou a ser interditada.
                                     Paulo Sérgio estava bastante revoltado com o fato de um semirreboque ter atravessado a pista e disse que irá procurar os responsáveis. (O Bem Dito).

 

clique para ampliar [+]



Leia Também



Enviar por email

Envie Reboque de carreta desgovernado bate em veículo com família de Mariluz
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GoioNews.
Copyright © 2004 - 2020 GoioNews.