GoioNEWS - O Jornal Eletrônico de Goioerê e Região

Segunda, 21 de Janeiro de 2019
  • :
  • :
siga-nos

O EFEITO DO ESTRESSE EM SUA SAÚDE MENTAL

22/01/2018

O estresse não é algo necessariamente ruim, muito pelo contrário, ele é um excelente mecanismo de defesa do organismo em que denuncia se algo está descompensado.

Existem 3 tipos ou fases do estresse e estes se diferenciam por sua funcionalidade e capacidade de adaptação do organismo diante dos estressores.
Quais os tipos de estresse, suas características e consequências:
Existem 3 tipos de estresse: o positivo, o de risco e o de exaustão.

1- No primeiro nível do estresse, também chamado de estresse positivo, o indivíduo se encontra cheio de vitalidade, motivação e energia para realizar suas atividades e projetos. Deste modo, você será produtivo, equilibrado e consequentemente sentirá bem estar o que lhe proporcionará uma boa qualidade de vida.
2- Na fase do estresse de risco, como o próprio nome sugere, o organismo está em estado de alarme, a homeostase corporal está comprometida, provocando a falência das defesas imunológicas e resiliência mental, o que favorece o surgimento de doenças e distúrbios psicossomáticos. Consequentemente algumas medidas precisam ser tomadas para que o estado não se agrave e não se estenda para a fase de exaustão. Dentre estas medidas, é importante observar sua dinâmica de vida, seus hábitos e condicionamentos tais como qualidade do sono, tabagismo, alcoolismo, sedentarismo e má alimentação. Não menos importante é a observação da administração emocional nas relações interpessoais, laborais e familiares, bem como você lida com as situações da vida, principalmente aquelas que demandam um maior autodomínio, visto que o gerenciamento emocional e o estresse estão intrinsecamente implicados.
3- Na fase de exaustão, as manifestações físicas e emocionais se agravam. Com a pressão da vida moderna mal administrada e suas multitarefas, o desequilíbrio físico e mental torna-se mais graves, proporcionando manifestações psicofísicas de estresse através de processos inflamatório e autoimunes. Dentre os desiquilíbrios, os mais comuns são: diminuição do entusiasmo e desempenho acadêmico ou profissional, hipertensão arterial, apetite alterado, impotência sexual, dificuldade em conciliar o sono, insônia ou sono agitado acompanhado de pesadelos. A desordem do sono provoca fadiga, dores e contrações musculares, bem como falhas na memória e irritabilidade.

O estresse deve ser tratado através de uma diminuição de sua racionalidade e cobranças constantes. A psicologia e a hipnose lhe auxiliam neste processo, fazendo então que os processos estressantes do dia-a-dia se tornem aliados de seu crescimento e não gatilhos para o surgimento de doenças físicas.
O constante trabalho interno lhe proporciona mudanças de hábitos e quando você modifica hábitos e encontra-se em equilíbrio, nada externamente lhe causa estresse ao ponto de afetar sua saúde física.

Camila Lemes Alves
Psicóloga Clínica e Organizacional
Hipnose Clínica
CRP 08/12747
(44) 999706876

 



Leia Também



Enviar por email

Envie O EFEITO DO ESTRESSE EM SUA SAÚDE MENTAL
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GoioNews.
Copyright © 2004 - 2020 GoioNews.